Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os estragos da ministra das Finanças

06.06.15

sondagem da Aximage publicada hoje revela os (poucos)  estragos da declaração de Maria Luis Albuquerque sobre o corte nas pensõs.
Muito menos do que o esperado (esperemos pelo estudo da Eurosondagem).

O PSD agitou-se para tentar consertar os estragos, Não admira.
Os reformados e pensionistas representam quase metade do eleitorado social democrata.

A participação de ministros das finanças em acções politicas, habitualmente, não correm bem.
Vejam casos anteriores: Catroga, Sousa Franco...Teixeira dos Santos

O prestígio está associado a valores de confiança. São eles que gerem o nosso dinheiro, que recolhem com os impostos. É como o banco onde depositamos as nossas poupanças: escolhemos em função dos atributos confiança e robustez.
O perfil dos responsáveis das finanças deve corresponder a esta imagem. Com cabelos brancos e um curriculum irrepreensível.
Quando eles entram no jogo político ou mantêm este perfil ou rompem através do facilitismo (e destroem a sua reputação).
No caso, Maria Luisa Albuquerque falou como ministra das finanças numa acção partidária de pré-campanha eleitoral. Não deu certo e criou imensas feridas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:28



Pesquisar

Pesquisar no Blog  



Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D